Curso: PLANO DE NEGÓCIO PARA BIODIGESTORES

Trabalhe como consultor em vários países. O curso foi desenvolvido com base em tecnologia alemã para explorar o potencial de negócios com biodigestores em todo o mundo. Somente no Brasil, o potencial de negócios é de 100.000 biodigestores. A demanda por profissionais é enorme More »

Curso Online: DIAGNÓSTICO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS - GRAVIMETRIA

O diagnóstico dos resíduos, também conhecido como gravimetria, é essencial para o dimensionamento de qualquer solução no setor de resíduos. O curso qualifica profissionais a trabalharem com nomenclaturas brasileiras e européias. Profissionais qualificados sabem como montar o verdadeiro mapa da mina dos resíduos. More »

Entenda o processo da Biodigestão Anaeróbia

O que é Biodigestão anaeróbia e como acontece? More »

 

Sulfatogênese na Biodigestão Anaeróbia

Durante a fase da Sulfatogênese na Biodigestão Anaeróbia ocorre em paralelo e de modo concorrente a produção de sulfeto de hidrogênio. Um outro grupo microbiano presente nos ambientes anaeróbios é o das Bactérias redutoras de sulfato ou sulforedutoras, que promovem o metabolismo dissimilatório, ou seja, a redução desassimilativa do íon sulfato (aceptor final de elétrons). As bactérias sulforedutoras são estritamente anaeróbias e além do sulfato, também são capazes de fazer a redução de sulfito e outros compostos sulfurados.

No processo de digestão ou tratamento anaeróbio elas competem com os demais grupos pela utilização dos ácidos voláteis e outros intermediários e geram sulfeto de hidrogênio (H2S), que pode promover a precipitação de íons metálicos e gás carbônico. Este grupo de bactérias é considerado muito versátil, pois consegue utilizar uma ampla variedade de substratos, o que inclui toda a cadeia de ácidos orgânicos voláteis, diversos ácidos aromáticos, hidrogênio, metanol, etanol, glicerol, açúcares, aminoácidos e vários compostos fenólicos.

Sulfetogênese na Biodigestão Anaeróbia

Em substrato com pouca ou nenhuma concentração de sulfatos, o processo de biodigestão ocorre como mostrado anteriormente, das fases de hidrólise até a metanogênese. Contudo em substratos onde há uma certa concentração de sulfatos ou compostos sulfurados, muitos compostos intermediários formados através das rotas metabólicas apresentados na Fig. 2.1.A passam a ser utilizados pelas bactérias sulforedutoras, alterando assim as rotas metabólicas de um biodigestor anaeróbio.

Devido à sua capacidade de utilizar acetato e hidrogênio, as bactérias redutoras de sulfato acabam competindo com as bactérias da fermentativas, acetogênicas e metanogênicas pelos substratos disponíveis no processo de biodigestão anaeróbia. (B. Machado 2016)

Continue seu estudo sobre Biodigestão Anaeróbia clicando nas figuras abaixo:

Fontes:

  • B. Machado 2016: Bezerra Machado, Gleysson; Geração e Aproveitamento Energético do Biogás, PROJETO PROBIOGÁS 2016

About Gleysson B. Machado

Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios.

Comentários

Comentários