COMO A GESTÃO INADEQUADA DOS RESÍDUOS ORGÂNICOS PODE AFETAR O MEIO AMBIENTE?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Portal do Biogás www.portaldobiogas.com

Como funciona o tratamento de resíduos orgânicos urbanos? É melhor compostagem ou processo de biodigestão desses resíduos? É possível combinar a compostagem com a biodigestão anaeróbia? Saiba agora a criar oportunidades com esse resíduo.

O volume de resíduos orgânicos produzidos diariamente é gigantesco. Quando não se faz o gerenciamento correto desses resíduos e eles são descartados no meio ambiente sem controle algum, o impacto é grande e ocorre em diferentes esferas. As consequências são vistas no solo, ar, água, todo o ecossistema é prejudicado. Mas o que fazer para reverter essa situação? Quais são as oportunidades?

Oportunidades com gestão de resíduos orgânicos são perenes, agarre-as !

Além dos problemas ambientais, a gestão inadequada dos resíduos orgânicos trazem danos à saúde pública e a qualidade de vida da população. Quando depositados de forma errônea no meio ambiente, esses resíduos atraem animais, vetores e consequentemente, doenças aos moradores locais.

Os resíduos possuem alto valor comercial. Utilizar estratégia e as tecnologias adequadas podem trazer resultados eficientes para seu empreendimento. Entenda como funciona o tratamento de resíduos orgânicos urbanos e destaque-se no mercado.

Como funciona o tratamento de resíduos orgânicos urbanos?

Resíduos Sólidos Orgânicos Urbanos ou Bio-Resíduos são resíduos orgânicos de origem animal ou vegetal. Podem ser gerados em domicílios ou empresas e podem ser degradados pela ação de micro-organismos.

Atualmente o mercado oferece grandes oportunidades para negócios sustentáveis, mas também para consultores em vários países do mundo. O tratamento dos resíduos sólidos urbanos, possui meios para se tornar um dos ramos promissores no que refere-se ao mercado de resíduos.

O tratamento desses resíduos pode ser feito através do processo de compostagem e por meio de biodigestores. Quando os resíduos orgânicos são tratados, consequentemente, resíduos recicláveis estão ganhando valor de comércio.

É melhor compostagem ou biodigestão de resíduos orgânicos urbanos?

Ambos são tecnologias eficientes que podem ser utilizadas para tratar resíduos sólidos urbanos.

O Biodigestor é uma alternativa simples e prática. Serve para aproveitar os resíduos orgânicos que são descartados de diversas formas no meio ambiente. Trata-se de uma câmara hermética onde será acumulada a matéria orgânica que será digerida. Por meio de um processo natural de bactérias, são decompostos e transformados em biogás e em biofertilizante. Contribui ao baixar os custos de produção, gerar lucro (conforme o modelo) e melhorando o meio ambiente.

A Compostagem é o processo biológico de valorização da matéria orgânica, seja ela de origem urbana, doméstica, industrial, agrícola ou florestal. Pode ser considerada como um tipo de reciclagem do lixo orgânico. Trata-se de um processo natural em que os micro-organismos, como fungos e bactérias, são responsáveis pela degradação de matéria orgânica. A compostagem ajuda na redução das sobras de alimentos, tornando-se uma solução fácil para reciclar os resíduos gerados.

É possível combinar a compostagem e a biodigestão anaeróbia?

É mais que possível fazer a combinação entre biodigestores e compostagem anaeróbia dos resíduos sólidos urbanos. O projeto de Compostagem Biodigestor Urbano de Erkheim é um exemplo claro da eficiência da junção de ambas tecnologias.

Assista o vídeo e saiba mais sobre os problemas gerados pela gestão inadequada dos Resíduos sólidos urbanos:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Não pare agora, continue lendo!