Como o Biodigestor pode ser usado nas fazendas?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Criação Sustentável de gado leiteiro

 

Como uma fazenda na Alemanha faz o manejo sustentável de gado leiteiro ? Qual o benefício de um Biodigestor? Como funciona o biodigestor da fazenda em Friedrichshof Gründau? Por que se especializar em negócios com biodigestores?

Atualmente a produção de leite tem uma grande importância no agronegócio brasileiro. Além disso, o Brasil  possui um dos maiores rebanhos leiteiros do mundo. Segundo a ANVISA, este rebanho leiteiro, mais o gado de corte, produzem 1.703.773.970 t/ano de resíduos! Contudo, pouco dessa matéria orgânica é reaproveitada, ou descartada corretamente. 

Neste sentido, a  Agência Nacional de Vigilância Sanitária, aponta também, que boa parte desses dejetos são deixados a céu aberto.Contudo, sem tratamento adequado estes resíduos causam imenso impacto ambiental. Por exemplo, são responsáveis pela emissão de gases poluentes, que agravam o aquecimento global, contaminam o solo afetando recursos hídricos.   

Em primeiro lugar, vale saber que há padrões sustentáveis que agregam valor e melhoram consideravelmente a produtividade. No Brasil, alguns pecuaristas, já se utilizam deste modelo, que é  regra  em países como a Alemanha.

Ao contrário das técnicas praticadas aqui, na Alemanha o manejo sustentável transforma todo impacto negativo em lucro. Por exemplo, a utilização de biodigestores, como solução eficiente para o problema dos resíduos dos rebanhos. 

Os produtos gerados por biodigestores (biogás e biofertilizantes), são utilizados na própria fazenda, reduzindo consideravelmente os custos de produção.

Você não precisa ter o dinheiro  total do investimento. Você só precisa criar os parâmetros do negócio e saber

 COMO DESENVOLVER UM PROJETO DE BIODIGESTOR ANAERÓBIO

Como uma fazenda na Alemanha faz o manejo sustentável de gado leiteiro?

Conheça alguns dos segredos que fazem dos biodigestores sinônimos de lucratividade e sustentabilidade no agronegócio europeu. Segundo a família Schneider, de Friedrichshof Gründau, Alemanha, usar biodigestor na criação sustentável de gado de leite é muito lucrativo. 

A princípio,  em 1988, a família Schneider decidiu investir e viver em uma fazenda. Desde já, a ideia principal era produzir leite de forma totalmente sustentável. Então no início, foi construído um estábulo para 80 vacas. Assim, as antigas instalações, se tornaram estábulos para o gado jovem.

Ao passo que o projeto sustentável da família Schneider foi acontecendo, fez-se necessário a contratação de consultoria especializada. Como resultado, houve uma expansão nos negócios da família. Nesse sentido, para atender o aumento da demanda, novas construções foram surgindo na fazenda.  

Então, com o aumento do rebanho, até 2001, quase 180 vacas se abrigaram no estábulo com o gado jovem! Assim, foi construído um novo estábulo com 375 assentos e um carrossel de ordenha de 28 lugares. Pouco depois, anexaram uma área de tratamento e outra de espera para as vacas. 

Qual o benefício de um Biodigestor?

Ao contrário do que se pensa, biodigestores são totalmente viáveis também para pequenos investidores. Afinal, a eficiência no aproveitamento da matéria orgânica bovina e vegetal aumenta a lucratividade. 

No caso da família Schneider, ao passo que o rebanho foi aumentando, o projeto do biodigestor tornou-se meta para fazer o tratamento dos resíduos bovinos. O primeiro biodigestor entrou em operação em 2010 com potência elétrica de 250 kW a 250 kW de energia térmica. Em 2011, foi construído um novo biodigestor.  Atualmente, a fazenda produz biofertilizantes para utilizar nas suas plantações com excelentes resultados. 

Em contrapartida, com o aumento da produção do biogás, a fazenda em Friedrichshof, se tornou uma potencial geradora de energia. Em síntese, a geração de energia elétrica triplicou, subindo para 600 kW , a energia térmica atingiu 600 kW/dia. Considerando uma média de consumo residencial de 3.500 kWh de eletricidade/ano , é possível abastecer 2.000 casas/ano. 

Definitivamente a energia gerada através do biogás, reduz generosamente a poluição causada por gás metano na atmosfera. Enfim, diversas são as vantagens quando o assunto é biodigestor. Sobretudo, a maior de todas é ter certeza que este investimento é vantajoso para todos, inclusive para o planeta.

biodigestor na fazenda
O biodigestor da fazenda de criação de gado de leite em Friedrichshof Gründau garantiu lucratividade no projeto mesmo na Alemanha. (Foto: Friedrichshof Gründau)

 

Como funciona o biodigestor na fazenda em Friedrichshof Gründau?

Sobretudo, o substrato utilizado no biodigestor  de Friedrichshof, é composto de 75% de plantas operadas com esterco líquido e sólido. O estrume é bombeado do estábulo diretamente para os tanques de armazenamento de dejetos. Os sólidos são transportados até o tanque de alimentação do fermentador. Além disso, utiliza-se outros substratos como milho, capim de silagem, beterraba açucarada. 

A principal parte do biodigestor é o fermentador. Dentro do fermentador existem vários agitadores que misturam o material orgânico. Além disso, as paredes internas do fermentador possuem aquecedores para manter  a temperatura do substrato em 41 ° C. Dessa forma , com a temperatura ideal as bactérias que decompõem o substrato.  

Motor de Cogeração de energia no biodigestor de Friedrichshof Gründau (Foto: Friedrichshof Gründau)

 

O resultado final do processo de fermentação é um biofertilizante de alta qualidade que é utilizado na própria fazenda. Assim, a família Schneider é independente de fertilizantes minerais. Este biofertilizante é quase sem odor.

Em 2013, adicionou-se ao projeto um sistema de secagem de biofertilizante. Isso faz com que se aproveite o calor residual do biodigestor durante todo o ano. Além disso, o biofertilizante se tornou mais fácil transportar.

Através de um depurador de ar é possível recuperar o nitrogênio liberado durante a secagem do biofertilizante. Isso permite usar eficientemente quase 100% do fertilizante produzido e adequando a idéia da economia circular.

Os desafios do agronegócio estão no mundo inteiro. Cada país possui a sua particularidade. Entre os principais desafios destaca-se o tratamento de resíduos e custos com energia térmica e elétrica. Ou seja, no geral em qualquer parte do mundo os empresários deste setor têm no mínimo os mesmos desafios.

Por que se especializar em negócios com biodigestores?

Apesar de o agronegócio não ser uma atividade econômica impactante na economia da Alemanha, existe demanda por profissionais qualificados. Em contrapartida, nos países com potencial de agronegócio essa demanda é ainda maior. Por incrível que pareça, é onde tem menor concentração de mão de obra qualificada.

Negócios com biodigestores
Gleysson B. Machado – Especialista em Negócios Sustentáveis

 

Aliado a isso, em tempos de crise, o mercado precisa de soluções inovadoras. Aqui vale, quem estiver qualificado e prestar um bom serviço sai na frente. O conhecimento é o melhor caminho para aproveitar este mercado que necessita urgentemente de consultores realmente qualificados.

Seja um consultor especializado em PLANO DE NEGÓCIO PARA BIODIGESTORES AUTOMATIZADOS e garanta seu lugar neste mercado. Para saber mais sobre projetos com biodigestores assista o vídeo abaixo. 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Não pare agora, continue lendo!